Bloco A (61) 3711-8328
Bloco B (61) 3710-5125


Rua 24 Norte, Lote 09/11 Aguas Claras Brasília-DF | CEP: 71.916-750

Atas das Assembléias

ATA DA ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA – 12/03/2016

CONDOMÍNIO DO EDIFÍCIO LA BELLE MAISON PERSONNALISÉE – TORRE A, B E LOJAS ATA DA ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA – 12/03/2016

Ao décimo segundo dia do mês de março do ano de dois mil e dezesseis às 16h50min, em segunda e última convocação, os condôminos do Residencial La Belle Maison Personnallisée, sito aos lotes 09 e 11 da Rua 24 Norte, Águas Claras - DF, constantes da relação anexa, reuniram-se no salão de festas do Condomínio para, em Assembleia Geral Extraordinária, devidamente convocada pelo Síndico - Senhor Joacyr Costa Pinho, conforme Edital de Convocação datado de 03/02/2016. Foi indicado o senhor Luiz André Matias Pereira (apt 1305B) para presidir a Assembleia. Para secretária foi escolhida, entre os presentes a senhora Ana Carolina de Castro Oliveira (apt 1701B). Os presentes deliberaram sobre os seguintes assuntos:

  1. ELEIÇÃO DE SÍNDICO MIRIM – APRESENTAÇÃO PEDAGÓGICA

Foi feita a apresentação da proposta de como será o projeto pedagógico Síndico Mirim. Ressaltou a importância da melhoria de relacionamento dos moradores, conscientização da preservação do condomínio, meio ambiente, desenvolver a autonomia da criança e adolescente, amadurecer o espirito de coletividade, fortalecer a autoestima, e socialização entre as crianças e adultos. Conscientizar as crianças e adolescentes a respeito da preservação do parquinho, pilotis, salões de festa, piscina, lan house, banheiros, quadra, espaço kids, cinema, elevadores, enfim... Todo nosso condomínio. Foi realizado explicação das anotações no caderninho, gritos que possam incomodar os moradores, brigas, pessoas riscando muros ou outros locais, pessoas quebrando algo do condomínio, crianças atrapalhando o serviço dos funcionários em suas tarefas ou permanecer em locais inadequados como a academia, garagens, portaria sem a supervisão de um adulto. Crianças muito pequenas andando sozinhas pelas áreas comuns. (Neste caso além de anotar deve-se chamar um adulto para auxiliar.  Lembre-se de que o condomínio tem lugares que podem ser perigosos para elas, como instalações elétricas, piscinas, escadas, elevadores e outros. Uso da piscina com vestes inadequadas (blusas, camisas, calças, roupa intima não apropriada para banho). Correria na área de lazer. Animais na área de lazer. Uso de brinquedos não adequados para nosso espaço. Ex: carrinhos de rolimã, patins, bicicletas, ou jogar bola fora da quadra. Outros assuntos que o síndico mirim achar importante poderão ser escritos no caderno! Se alguma criança ou adolescente não obedecer as regras ou não atender a orientação do síndico mirim, o nome dessa criança deve ser anotado no caderno, dizendo o que ele fez e quando aconteceu. O candidato que tiver com o nome anotado no caderno por 3 vezes, não poderá ser síndico mirim na próxima eleição. Para ser síndico mirim os pais ou responsáveis devem autorizar por escrito. O adolescente ou criança pode fiscalizar e fazer suas anotações a qualquer momento, ao usar as áreas de lazer, ao andar no elevador com sua família, essa atuação não deve e não pode ser levado como uma obrigação! Qualquer ideia de atividades que envolvam as crianças e adolescentes poderá ser passada pelos mesmos, ao síndico mirim a qualquer momento. Explicou aos presentes que o Síndico Mirim terá um caderno onde fará anotações de atos inadequados ou algo acha que poderá ser realizado para a melhoria do nosso Condomínio. Definiu-se que seria realizado um sorteio com o nome de todos os candidatos retirando 3 nomes que participariam da votação. Foram sorteadas as crianças Ana Clara, Maria Eduarda e Júlio César. Foram eleitos Ana Clara como Síndico Mirim e Júlio César como subsíndico. Após finalizada a votação, a senhora Ana Clara deixou de secretariar a Assembleia, passando a responsabilidade para o senhor Luciano Soares Costa (apt 1308A). Foi solicitado pela senhora Elaine (apt 804B) a necessidade de autorização com firma reconhecida dos pais responsáveis pelo Síndico e Subsíndico Mirim. A condômina também questionou o fato de não ter sido cumprido o prazo estipulado em Convenção para início da Assembleia em segunda chamada, considerando-se que quando chegou ao salão às 17:00 estava sendo finalizada a eleição de Sindico Mirim. Ressalto que mesmo antes de iniciar a assembleia conversei com a Elaina na porta do salão de festas. Foi aberta a palavra ao Sindico Joacyr, que salientou que a eleição de Síndico Mirim não ser objeto de votação por parte dos condôminos maiores, uma vez que não existe previsão regimental e por se tratar apenas de um projeto pedagógico e de incentivo aos menores, sem custo ao Condomínio e como incentivo será oferecido um PRESENTE SIMBÓLICO oferecido pelo Síndico que será e entregue ao responsável da criança ou adolescente. A senhora Taciana (apt 1906B) pediu para constar em Ata que os pais das crianças estavam presentes à Assembleia. A senhora Elaine (apt 804B) solicitou também que fosse registrado em ata que o projeto é de inteira responsabilidade do Síndico, Subsíndico e dos pais, haja vista que tal projeto não foi discutido previamente com os condôminos e aprovado em Assembleia. O Síndico informou que sua responsabilidade se estende até o final de seu mandato, em 30 de abril de 2016. O Síndico também afirmou que houve um equívoco por parte da senhora Elaine (apt 804B) no horário de início da Assembleia, alegando que a assembleia de fato e de direito começou às 16:50 e não às 16:30, horário da primeira convocação – conforme relatado.

Após os esclarecimentos, o senhor Luiz André (apt1305B) entregou para o Síndico a procuração do ex síndico Henrique Dourado para que o senhor Luiz André o representasse na Assembleia e entregou a relação de patrimônio do Condomínio, em 3 vias. O Síndico solicitou que constasse em ata que os documentos acima mencionados foram entregues com 10 dias de atraso, conforme consta no Regimento Interno do Condomínio. Informou que assinaria o documento após a conferência física dos bens. O senhor Luiz André informou que após a eleição do dia 20 de fevereiro de 2016, foram entregues as duas cópias das chaves de acesso à sala da Administração, um aparelho celular Sansung com chip que no ato da posse o síndico abriu mão do uso com o intuito de economia ao condomínio. O aparelho ficou em posse da subsíndica Gréta Fialho que se responsabilizou pelo uso adequado. Às 18:00 o senhor Luciano informou que precisava se retirar da Assembleia. Manifestou seu interesse em participar do treinamento da Brigada Voluntária e a Assembleia passou a ser secretariada pela senhora Elaine Siqueira Coelho (apt 804B). Neste momento passou-se para o item seguinte da pauta.

 

  1. ANÁLISE DOS SERVIÇOS DAS CONTRATADAS DO CONDOMÍNIO (TEG SEGURANÇA, RESPONSÁVEL PELA MANUTENÇÃO DE PORTÕES, INTERFONES, ANTENA COLETIVA, CÂMERAS), (TECNISE, RESPONSÁVEL PELA MANUTENÇÃO DA BIOMETRIA, TAGS E INFORMÁTICA)

Foi dada a palavra ao Síndico Joacyr que descreveu aos presentes os problemas apresentados no sistema de tag desde o primeiro dia da gestão. Informou que não foi localizado o projeto com estudo de instalação do sistema. Foi solicitado os recibos datados das prestadoras de serviço constando a manutenção preventiva dos últimos meses na administração. Sendo que nada foi apresentado. O senhor Luiz André (apt 1305B), Subsíndico da gestão anterior, explicou que foi solicitado orçamento a 3 empresas, sendo duas delas, prestadoras de serviço do Condomínio: a TEC SEGURANÇA e a TECNISE. Informou que as 3 empresas tiveram acesso aos Condomínio para verificação do sistema e elaboração de projeto e orçamento. Informou que nenhum das empresas fez qualquer tipo de restrição aos equipamentos existentes e não relataram em seus orçamentos a necessidade de troca de placas ou motores dos portões. O síndico informou aos presentes que o responsável pela empresa TECNISE, que instalou o sistema de tag, informou que apenas após a instalação constatou que os motores existentes eram incompatíveis com o sistema. Foi informado aos presentes os gastos extras emergenciais realizados pelo Condomínio para concertar a estrutura dos portões, além dos gastos com à Qualifoco contratando garagista para ficar nos portões controlando o acesso dos moradores para garantia a segurança dos condôminos. O Síndico informou que a empresa TECNIZE providenciou por conta própria a troca dos 4 motores dos portões e que mesmo assim continua apresentando problemas. O senhor Maurício (loja 20) informou ao Síndico que a Qualifoco deslocou o Zelador do Mall de Lojas para controlar o portão e que apurasse esse fato junto à empresa para que não cobrassem funcionário extra. O Síndico informou que mesmo com a instalação dos novos motores pela empresa TEC SEGURANÇA e que mesmo com os motores novos instalado o problema continuava com o sistema sem funcionar. Foi proposto pelo Síndico que a empresa TEC SEGURANÇA seja afastada e acionada judicialmente, haja vista que o responsável pela empresa ter se manifestado isenta de qualquer responsabilidade pelo o ocorrido não apresentando documento solicitado pelo atual síndico datado na administração das manutenções preventivas. Todos aprovaram a decisão do Síndico. Foi proposto manter a empresa TECNISE e que ela assume a responsabilidade sobre todo o serviço, incluindo a manutenção dos portões até o perfeito funcionamento das tags. Será solicitado que a empresa emita termo de doação dos motores ao Condomínio. Sugeriu-se que a empresa faça a manutenção dos motores pelo tempo que for necessário para ressarcir o Condomínio pelos gastos extras ocasionados pela instalação do sistema com motores incompatíveis, por ser o responsável pela elaboração do projeto.

 

  1. INDICAÇÃO DE 10 VOLUNTÁRIOS (5 DE CADA PRÉDIO) PARA PARTICIPAÇÃO DO TREINAMENTO DE BRIGADA VOLUNTÁRIA

Além do senhor Luciano (apt 1308A) que já havia manifestado seu interesse em participar do treinamento, se manifestaram também o Síndico Joacyr, o senhor Alan (apt 609A) e a subsíndica Greta. Foi sugerido enviar e-mail a todos os moradores, informando a existência de 06 vagas para o curso. O síndico informou que está sendo definida a empresa que dará o treinamento aos moradores.

Nada mais tendo a tratar, o Presidente deu por encerrada a Assembleia, da qual eu, Elaine Siqueira Coelho junto com Ana Carolina de Castro Oliveira e Luciano Soares Costa, como secretários, lavramos a presente ata que é assinada por nós e pelo Presidente.

 

Ana Carolina de Castro Oliveira

Secretária

Luciano Soares Costa

Secretário

Elaine Siqueira Coelho Luiz

Secretária

André Matias Pereira

Presidente